Toxonomia de Dissomphalus (Hymenoptera, Bethylidae) do Panamá

Nome: Chirlei Dias de Brito
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 20/02/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Celso Oliveira Azevedo Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cecília Waichert Monteiro Examinador Interno
Celso Oliveira Azevedo Orientador
GEANE OLIVEIRA DE LANES Suplente Externo
ISABEL DE CONTE CARVALHO DE ALENCAR Examinador Externo
Luisa Maria Sarmento Soares Filho Suplente Interno

Resumo: A fauna de Dissomphalus do Panamá é estudada e sessenta e quarto espécies são reconhecidas, 31 são descritas e ilustradas como nova para a Ciência: D. sp. 1, D. sp. 2, D. sp. 3, D. sp. 4, D. sp. 5, D. sp 6, D. sp. 7, D. sp. 8, D. sp. 9, D. sp. 10, D. sp. 11, D. sp. 12, D. sp. 13, D. sp. 14, D. sp. 15, D. sp. 16, D. sp. 17, D. sp. 18, D. sp. 19, D. sp. 20, D. sp. 21, D. sp. 22, D. sp. 23, D. sp. 24, D. sp. 25, D. sp. 26, D. sp. 27, D. sp. 28, D. sp. D. 29, D. sp. 30 e D. sp. 31. Nove espécies são registradas pela primeira vez para o Panamá: D. angulatus, D. galeatus, D. hirtus, D. infissus, D. personatus, D. pilus, D. politus, D. pronus and D. vallensis. Dezesseis teve sua distribuição ampliada: D. bilobatus, D. brasiliensis, D. cervoides, D. coronatus, D. curvifoveatus, D. geniculatus, D. gilvipes, D. guttus, D. intradentatus, D. plaumanni, D. piscicercus, D. punctatus, D. rettenmeyeri, D. rufipalpis, D. strepsus e D. unitus. Não achamos material adicional de oito espécies previamente registradas para o Panamá. Uma chave para as espécies de Dissomphalus da América Central é incluída.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910