Laboratórios

O programa conta com laboratórios sob responsabilidade dos docentes permanentes e colaboradores em todos os 4 campi da UFES: Maruípe e Goiabeiras, em Vitória, em São Mateus e em Alegre, assim como um laboratório na Universidade de Wisconsin, Madison, EUA.

1. LABORATÓRIOS MULTIUSUÁRIOS

1.1. Núcleo de Genética Aplicada à Conservação Biodiversidade (NGACB)
Localizado no campus de Goiabeiras, Vitória. O NGACB é um laboratório multiusuário criado com recursos da Conservation International (CI) e recursos próprios da UFES em 2007 e desde então mantido com recursos do CNPq, CAPES e FAPES. Tem infra-estrutura necessária para a realização dos procedimentos de biologia molecular, desde a extração de DNA ao sequenciamento, genotipagem e análise dos dados. Sua área total está dividida em quatro salas:

a) Laboratório de Extração de DNA (Pré-PCR) (36,8 m2), com: agitador de tubos (2), agitador magnético com regulagem de temperatura, autoclave vertical, balança eletrônica analítica, balança eletrônica de precisão, banho seco aquecido, centrífuga microprocessada, destilador de água, espectrofotômetro NanoDrop, estufa (2), fluxo laminar, freezer vertical (2), máquina de gelo, mini-centrífuga (2), pHmetro, refrigerador (1), sistema de ultra-purificação de água, ultrafreezer -80oC.

b) Laboratório de Amplificação e Sequenciamento de DNA (Pós-PCR) (36,8 m2), com: agitador de tubos, balança eletrônica analítica, banho seco com aquecimento, centrífuga refrigerada, fluorímetro Qbit, forno de micro ondas, freezer vertical (4), incubadora com agitador, mini-centrífuga (2), refrigerador (2), sequenciador de DNA automático ABI 3500, sistema de fotodocumentação digital, sistema de eletroforese horizontal (7), termociclador (5), transiluminador ultra-violeta.

c) Laboratório de DNA Antigo (9 m2), com: agitador de tubos, banho seco, centrífuga, fluxo laminar, geladeira, mini-centrífuga.

d) Laboratório de Bioinformática (9 m2), contendo 5 microcomputadores, incluindo programas para edição e alinhamento de sequências de DNA e desenho de primers.

1.2. Laboratório de Imagens Avançadas
Localizado no campus de Goiabeiras, Vitória (9 m2). Conta com os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 2 sistemas de obtenção de imagens em foco estendido, totalmente automatizados (1 Sistema GT-Vision e outro LAS Montage), compostos por corpo óptico Leica Z16 e câmeras de captura de lata resolução e 1 microscópio Optico Leica DM 2000 acoplável ao sistema de foco estendido.

1.3. Sala de Cultura de Células e Microscopia
Localizado no campus de Goiabeiras, Vitória (25 m2). Conta com os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: microscópio invertido Nikkon, estufa de incubação, banho-maria, centrífuga, fotomicroscópio de fluorescência Nikkon, geladeira, fluxo-laminar, camburão de nitrogênio líquido, destilador.

2. LABORATÓRIOS ESPECÍFICOS

2.1. Instituto Bethylidae de Sistemática (IBeS) no campus de Goiabeiras, Vitória (laboratório de 28 m2). Liderado pelo prof. Celso Oliveira Azevedo, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 4 estereomicroscópios Leica MZ 7,5, 1 estereomicroscópio Leica MZ 8, 1 estereomicroscópio MZ125, 1 câmara-clara para estereomicroscópio, 1 microscópio com câmara-clara, seis armadilhas de Malaise, material de campo completo e de informática.

2.2. Laboratório de Anatomia “prof. Valdenir José Belinelo”, localizado no Centro Universitário Norte do Espírito Santo, em São Mateus. Liderado pela profa. Roberta Paresque, o laboratório tem infraestrutura necessária para a realização dos procedimentos de dissecção e preparação de espécimes, técnicas de biologia molecular, desde a extração de DNA a obtenção dos produtos amplificados via técnica de PCR, preparo e análises de material citogenético e análise dos dados. Sua área total de mais de 1.000 m2 está dividida em três laboratórios principais destinados à pesquisa e à extensão, além de possuir um auditório equipado com computador, data-show e sistema de som com capacidade para 50 pessoas.

a) NUPEA: Núcleo de Pesquisa em Evolução e Anatomia. Laboratório onde estão três freezers destinados ao armazenamento de tecidos e DNA extraído; onde são realizadas as técnicas de extração de DNA (Pré-PCR), conta com um refrigerador, dois freezers, uma bancada de PCR/DNA que permitem a amplificação de DNA com um termociclador ligado a nobreak, uma centrífuga 24 tubos, uma centrífuga refrigerada, duas mini-centrífugas, dois agitadores de tubos tipo Vortex, um microondas, micropipetas monocanal, uma balança de precisão. Para isso, esta sala conta, uma mini-centrífuga para microtubos. Em outra bancada estão disponíveis para analises de bioinformática e armazenamento dos dados três computadores ligados a nobreaks, nestes computadores é possível realizar o processamento e análise de sequências, análises de genética de populações e relações filogenéticas, possui também programas de bioestatística e de analises morfológicas.

b) Laboratório de dissecção anatômica: conta com bancadas e instrumentos cirúrgicos para o preparo de peças anatômicas. Dois tanques de armazenamento de peças em formol, ossário, um freezer para armazenamento de peças congeladas e um refrigerador.

c) Museu de anatomia: espaço onde são recebidas escolas e público em geral da comunidade para visitação. Próprio para a realização de projetos de extensão e pesquisa em anatomia e evolução. Conta com modelos anatômicos confeccionados em plásticos ou resina, peças ósseas, animais taxidermizados e órgãos dissecados.

2.3. Laboratório de Biodiversidade de Insetos, Chalcidoidea (LaBI) no campus de Goiabeiras, Vitória (28 m2). Liderado pelo prof. Marcelo Teixeira Tavares, tem capacidade de acomodar 11 pessoas ao mesmo tempo (graduandos, pós-graduandos e pós-doutores) e conta os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 1 estereomicroscópio Leica modelo M 205 C, 1 estereomicroscópio Leica modelo M 125, 4 estereomicroscópios Leica modelo M 80, 2 estereomicroscópios Leica modelo MZ 7,5, 1 câmara clara para estereomicroscópio Leica, 1 câmera fotográfica 12 megapixels, material de campo completo (inclui 25 armadilhas Malaise, redes de varredura, 3 armadilhas luminosas, aparelho GPS) e de informática (com capacidade de edição de imagens e análises cladísticas complexas).

2.4. Laboratório de Biologia da Conservação de Vertebrados (LBCV) no campus de Goiabeiras, Vitória (28 m2). Liderado pelo prof. Sérgio Lucena Mendes, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 2 estereomicroscópios, 1 microscópio óptico, 4 binóculos, 1 rádio receptor de telemetria, 5 armadilhas fotográficas, 2 aparelhos de GPS, 1 TV 16 polegadas, 1 câmera fotográfica digital, 1 câmera Filmadora Canon GL2, 1 gravador de som profissional Sony e equipamentos de informática, incluindo computadores para análises espaciais complexas em sistemas de informação geográfica.

2.5. Laboratório de Ecologia Aquática, no campus do Centro Universitário Norte do Espírito Santo, São Mateus (28 m2). Sob a responsabilidade do prof. Maurício Hostim Silva. Está equipado com 3 estereomicroscópios, 3 microscópios ópticos, 1 estereomicroscópio com captura de imagens, 1 microscópio óptico com captura de imagem, 2 estufa de secagem, 1 forno mufla, 1 agitador de peneiras, 1 chapa aquecedora, 2 balanças de precisão, 1 armário de aço, 2 armários de madeira, 1 forno micro-ondas, 1 geladeira, 1 microcomputador, 1 draga de van veen, além de diversos materiais para realização de coletas de fauna e sedimento para análises de matéria orgânica e granulometria e para coleta de macroalgas marinhas bentônicas. Além dos equipamentos e materiais utilizados em coleta, também possui material necessário para o processamento das amostras.

2.6. Laboratório de Ecologia Bêntica, situado na Base Oceanográfica da UFES, no distrito de Santa Cruz a 55 km da capital Vitória, dentro da APA Costa das Algas e RVS de Santa Cruz, onde localiza-se o escritório gestor das UC's. Formado em 2010 e liderado pelo prof. Angelo F. Bernardino, o laboratório possui cerca de 80 m2 e atualmente conta dois computadores com acesso a internet, uma impressora a laser, quatro microscópios estereoscópicos, uma estufa de secagem, um forno mufla, dois freezers, um microscópio, um jogo de peneiras para análises granulométricas, bomba a vácuo e sistema de filtragem, balança analítica e alguns equipamentos de campo como tubos coletores, refratômetros e GPS. O laboratório ainda possui 6 data-loggers de salinidade e temperatura para uso no estuário, além de um barco e motor de popa para acesso ao estuário e estudos costeiros no local. O Laboratório também inclui um espaço menor (20 m2) no campus de Goiabeiras, em Vitória, destinado à triagem de material e conta com 6 lupas estereoscópicas, 3 computadores e 1 freezer -20oC.

2.7. Laboratório de Ecologia Comportamental e Conservação de Primatas, situado na Universidade de Wisconsin, em Madison, nos Estados Unidos. Coordenado pela profa. Karen Strier.

2.8. Laboratório de Entomologia Médica. Localizado no campus de Maruípe (17 m2), sob responsabilidade do prof. Gustavo Rocha Leite. Tem os seguintes equipamentos: 1 microscópio óptico, 3 estereomicroscópios, 1 estereomicroscópio com câmera fotográfica digital, 2 microcomputadores de mesa, 1 scanner, 1 impressora, 1 geladeira e 1 freezer.

2.9. Laboratório de Estudos em Quirópteros, fundado em 2002, e localizado no campus de Goiabeiras (28 m2). Liderado pelo prof. Albert Ditchfield, possui duas geladeiras, um freezer, um computador, uma máquina de PCR, um banho, uma lupa estereoscópica e um microscópio.

2.10. Laboratório de Genética Animal (LGA), no campus de Goiabeiras, Vitória (28 m2). Coordenado pela profa. Valéria Fagundes, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 3 microscópios ópticos Nikon E200, 1 fotomicroscópio de fluorescência Nikon, 2 banhos-maria, 1 estufa, 1 destilador de água, 2 centrífugas, 1 microondas, 5 freezeres, 1 geladeira, 1 sistema de revelação fotográfica preto e branco, 100 armadilhas Sherman, 150 armadilhas Tomahawk, material de campo completo, além de material de informática.

2.11. Laboratório de Genética e Conservação Animal, no campus do Centro Universitário Norte do Espírito Santo, São Mateus (28 m2). Sob a responsabilidade da profa. Ana Paula Cazerta Farro, tem os seguintes equipamentos: três centrífugas Hermle, sendo duas refrigeradas, dois banhos-maria Nova Técnica, 1 sistema de fotodocumentação Loccus, um computador Compaq acoplado a um Nanodrop Thermofisher, 5 freezeres, 1 geladeira, 1 destilador, 1 capela de exaustão, 1 balança Gehaka, 1 minispin DLab, 1 agitador magnético Thelga, 4 cubas de eletrofosrese e quatro fontes para corrida de gel, conjuntos de pipetas manuais e pipetas eletrônicas, 1 microondas, 1 estufa, armários e estantes.

2.12. Laboratório de Genética e Evolução Molecular (LGEM), no campus de Goiabeiras, Vitória (9 m2). Sob responsabilidade da profa. Sarah Maria Vargas, tem material de informática adquirido com recursos da UFES e conta com a infraestrutura do NGACB para o desenvolvimento das pesquisas relacionadas.

2.13. Laboratório de Ictioplâncton, no campus de Goiabeiras, Vitória (80 m2). Liderado pelo prof. Jean Christophe Joyeux, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 3 microscópios estereoscópicos (Zeiss e outros), 1 microscópio estereoscópico Leica c/ câmara clara, 5 fluxômetros mecânicos, 2 freezeres horizontais, 1 rede de ictioplâncton com diâmetro 0,6 m, malha 333 micras, 2 redes ictioplâncton com diâmetro 0,5m, malha 500 micras, 3 picares (redes de praia) de 10 m de comprimento, 2 redes de arrasto com 10 m de comprimento, malha 0,5 cm, 1 rede camaroneira, 2 coletes de mergulho, 5 asas de mergulho, 15 reguladores, 4 duplas de 15L, 4 cilindros de 15 L, 4 cilindros de 11l (S80), 1 compressor, material de campo completo e de informática.

2.14. Laboratório de Insetos Aquáticos, no campus de São Mateus (20 m2). Liderado pelo prof. Frederico Falcão Salles, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 5 estereomicroscópios, sendo um com câmara clara e outro com câmera digital acoplada, 2 microscópios ópticos, um com câmara clara e outro com câmera digital, 1 estufa de secagem de lâminas, 1 laminário para 1.500 lâminas, 1 câmera digital, 1 aparelho de GPS, 4 computadores de mesa, 4 freezers verticais, 2 freezers horizontais, 3 armários de aço e material de campo completo.

2.15. Laboratório de Malacologia, no campus de Goiabeiras, Vitória (30 m2). Coordenado pela bióloga Mercia Barcellos da Costa, possui os seguintes equipamentos: 1 microscópio estereoscópico Leica, 2 microscópios estereoscópicos Quimis, 1 GPS, 1 multiparâmetro Hanna, diversos aeradores para aquários, computadores, balanças digitais, paquímetro digital, vidrarias e materiais de dissecção e anestesia.

2.16. Laboratório de Mastozoologia e Biogeografia (LaMaB) no campus de Goiabeiras, Vitória, consistindo em duas salas com área de 28 m2 cada uma. Coordenado pelos profs. Leonora Pires Costa e Yuri L. R. Leite, conta com: armadilha para pequenos mamíferos (~500), bibliografia especializada sobre biologia animal (~300), 2 estereomicroscópios com câmera digital acoplada, câmera fotográfica digital com lente macro, estufa, freezer horizontal, material para coleta, preparação e transporte de espécimes, microcomputador com programas para tratamento de imagens, microcomputador com sistema de informação geográfica, 3 paquímetros digitais, 20 redes de neblina e refrigerador.

2.17. Laboratório de Nectologia, no campus de Goiabeiras, Vitória (50 m2). Liderado pelo prof. Agnaldo Silva Martins. Composto por laboratório úmido, laboratório seco, sala de microscopia e sala de computação, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES, Petrobras e CNPq: 2 microscópios estereoscópicos trinoculares com sistema de fotografia e filmagem, serra metalográfica, 2 balanças digitais (precisão 0.01g), 1 filmadora digital, 1 paquímetro digital, 1 balança digital de campo, 2 computadores desktop, 2 notebooks, 1 câmera Trap, 1 HD externo 6 TB, 1 Drone Mavic Pro e acessórios e 1 estufa.

2.18. Laboratório de Paleontologia, no campus de Goiabeiras (25 m2). Liderado pela profa Taissa Rodrigues Marques da Silva, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 3 armários de aço, 1 paquímetro digital, 1 motoesmeril, 1 compressor de ar 140 PSI, 1 câmera fotográfica Nikon D7000 e acessórios, equipamento para preparação mecânica e material de informática (incluindo dois desktops com capacidade de edição de imagens tomográficas).

2.19. Laboratório de Parasitoides Ichneumonoidea Stephanidae (LAPIS) no campus de Goiabeiras, Vitória (28 m2). Liderado pelo prof. Alexandre Pires de Aguiar, tem os seguintes equipamentos adquiridos com recursos principalmente da FAPES e CNPq: 1 lupa MZ7.5, 1 lupa MZ12.5, 4 lupas de triagem, 20 armadilhas de malaise e material de campo completo.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910